top of page

O Varejo que surpreende ! Bons resultados de C&A (CEAB3), Renner (LREN3) e Grendene (GRND3)!


Excelente resultado da C&A (CEAB3), provavelmente um dos melhores do varejo nesse tri.


As vendas em lojas mesmas lojas (lojas já existentes a 12 meses), o indicador mais importante do varejo, subiu 12,5%.


A receita liquida acompanhou e subiu 10%.


A margem bruta aumentou 2,4p.p para 51,7% e a margem Ebtida aumentou 2,8p.p para 12,7% pontos.


O prejuízo caiu 28% para R$44 milhões: O lucro das empresas de vestuário é relevante no 4T quando as vendas são as maiores do ano, então é um pouco “esperado” o prejuízo no 3T.


A dívida liquida caiu 47% para 1vez o Ebitda de 12 meses, e está em patamar menor que os contratos de dívida.


Enfim, um excelente resultado!

Fonte: C&A CEAB3
Fonte: C&A CEAB3

Outra empresa do mesmo setor ...


A Renner (LREN3) também entregou um bom resultado apesar das dificuldades esperadas pelo mercado


Apesar do crescimento não ser exuberante, a Renner ficou estável em receita e margens de varejo.


A margem bruta foi de 53,6% no varejo.


O melhor do resultado foi o fluxo de caixa que subiu muito, mostrando ótimo trabalho da gestão no capital de giro, estoques, fornecedores...

Fonte: Renner, LREN3
Fonte: Renner, LREN3

A margem Ebitda total caiu 3,8 pontos para 13,8¨% (ainda mais alta que a C&A) com pressão da inadimplência nos serviços financeiros e essa segue sendo a pior parte dos números mais recentes da Renner.

Fonte: Renner, LREN3
Fonte: Renner, LREN3

O lucro liquido de R$172 caiu 33% , mas ainda assim um resultado lucrativo e robusto, muito mais do que a maioria dos cases de varejo que não deram lucro no 3T.


Um resultado morno, mas perto das expectativas muito fracas do mercado, pode agradar. A ação está extremamente descontada frente ao seu P/L médio histórico, em apenas 14 vezes nos últimos 12 meses.


Grendene (GRND3) - margens subindo para o nível mais alto desde o Covid!


Ninguém anda falando dela, e eu acho isso bom !


Até porque eu adoro olhar empresa que tá fora do radar.


A receita líquida da Grendene #GRND3 até caiu 3,5% pelo volume menor em 7,2%, mas ...


A receita líquida por par foi 4% maior e custos de matéria prima caíram 6% por par !


Então o Ebitda recorrente da Grendene subiu 30% e a margem Ebitda foi maior em 4,4 p.p para 16,7%. A melhor margem desde a pandemia.

Fonte: Grendene (GRND3)
Fonte: Grendene (GRND3)

Com lucro líquido recorrente de R$ 164 milhões (-17,4% vc 3T22) a empresa vai pagar R$ 52 milhões em proventos


O resultado financeiro líquido apresentado ficou 58,9% abaixo do observado no mesmo período do ano anterior, em R$ 50,5 milhões, por perda em renda variável, e maiores explicações sobre isso devem ser dadas na teleconferência de resultados.



Envie um whatsapp diretamente para mim clicando no balão no canto direito do site !

Grande abraço

Cristiane Fensterseifer, analista de investimentos CNPI, gestora CGA e consultora de investimentos

10/11/2023





108 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
RECEBA
O MELHOR
CONTEÚDO DE
INVESTIMENTOS
NO SEU EMAIL

Obrigado(a)!

bottom of page