top of page

Nova recomendação de investimentos! Esta Microcap quer dobrar de tamanho e suas ações estão baratas demais para ignorar!

Atualizado: 28 de mar.

Esta é a empresa mais barata, com maior caixa e com potencial de entregar o  maior crescimento do seu setor nos próximos anos, já que quer dobrar de tamanho de 2024 a 2028.


“Estamos no único setor da economia com crescimento garantido” disse seu CEO em evento recente justificado pelo envelhecimento da população brasileira que aumenta a demanda pelos seus produtos .


 


 


Da uma ilhada nos indicadores dos últimos 5 anos dela:


 

Fonte: d1000


Recomendação de compra em  d1000 (DMVF3)

A d1000 é uma rede de drogarias formada pelas aquisições das bandeiras Drogasmil, Farmalife, Drogarias Tamoio e Drogaria Rosário.


Suas marcas estão presentes há mais de 40 anos em suas respectivas regiões de atuação e  atendem a todas as faixas de renda de consumidores. 

Fonte: d1000


A atuação da Rede d1000 é voltada para a comercialização de:


·         medicamentos – que engloba branded (medicamentos sujeitos à prescrição médica), genéricos e OTC/ MIPS (over-the-counter/medicamentos isentos de prescrição);

·         produtos de higiene pessoal, beleza e dermocosméticos (HB) e

·         produtos de conveniência  


Com  240  lojas no fim do 4T23 após abrir 22 em 2023 a d1000 (DMVF3), atua no Rio de Janeiro, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Tocantins.


Segundo dados da Abrafarma, ela é a nona maior rede em termos de faturamento no setor farmacêutico.


Com cerca de 3.600 colaboradores as unidades da Rede d1000   tiveram  7,1 milhões de clientes atendidos no 4T23 e o número total de clientes no exercício de 2023 atingiu 27,0 milhões.

Isso representa evolução de, respectivamente, 9,0% e 11,2% na comparação com iguais períodos do ano anterior.


Considerando as regiões de atuação da Companhia, a Rede d1000 alcançou 10,3% de participação de mercado ao final de 2023, crescimento de 0,4 p.p. em relação ao ano anterior de acordo com dados divulgados pela IQVIA Brasil


Com a expansão seguindo no ritmo esperado, espero boa diluição de suas despesas e melhora nas  suas margens, de forma que devemos ver nos próximos anos tanto a receita crescendo como as margens aumentando.


Falando em crescimento, a empresa está crescendo mais que o mercado de atuação.

Em um dos anos de menor desempenho do setor, 2023, a Rede d1000 cresceu 17,8%, 5,1 p.p. acima da Abrafarma.

Fonte: d1000


Segundo a Abrafarma – Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias a d1000 é a nona maior rede em faturamento e tem  liderança nas principais áreas de atuação, estando entre as principais redes no DF e RJ.


A d1000 e surgiu com a Profarma,  segunda maior distribuidora do Brasil,  listada no Novo Mercado B3 desde 2006 com o código  PFRM3  comprando drogarias em apuros para fazer seu turnaround.


A Profarma  iniciou sua trajetória em 1961, com a Profarma Distribuidora de Produtos fundada pelo pai de Sammy Birmarcker, que hoje é presidente da d1000 e Profarma


Atualmente  Profarma tem 67% da d1000.


Fonte: d1000


Por integrar o grupo  Profarma a d1000 tem vantagens competitivas oriundas da integração entre distribuição e varejo.


O maior deles é a escala e o poder de barganha com fornecedores dado que o grupo é o  terceiro maior comprador do setor farmacêutico privado nacional.


A  d1000 tem condições de compra iguais às da Raia e da DPSP, mesmo tendo uma escala muito menor.


Mas os  benefícios também se estendem pata a menor necessidade de capital de giro, devido ao  uso do estoque da distribuidora, o que faz com que o ciclo de caixa da d1000 seja  mais curto que o das concorrentes , já que ela não carrega o estoque do CD em seu balanço. 


Enquanto RD, Panvel e Pague Menos operam com um ciclo de caixa de cerca de 70 dias, o da d1000 é de apenas 6 dias no 4T3


 

Fonte: d1000

A d1000 também tem  baixa demanda de Capex para centros de distribuição e para entrar em novos mercados e novas geografias não precisa investir em CDs pois usa os da Profarma já instalados no local.

Alem disso tem a   eficiência tributária, além das  sinergias administrativas com o uso do Centro de Serviços Compartilhados.


IPO  e Expansão


Seu IPO em Agosto de 2020 a D100 captou cerca de R$ 400 milhões.


Após uma queda de 46% desde o IPO, atualmente a empresa tem valor de mercado de apenas R$342 milhões. 

Fonte: Google


O que fez a empresa cair tanto? Bem a companhia captou recursos no IPO para abrir lojas e teve seus planos atrapalhados pesadamente pela pandemia de covid.


A d1000 sofreu mais que os pares na pandemia, por ter maior concentração em shoppings que ficaram fechados mais tempo que lojas de rua


A dívida bruta da Companhia segue foi de R$ 27 milhões no 4T23 e  o caixa de R$ 44,2 milhões, resultando em um posição de caixa líquido de R$ 17,4 milhões.


Como a companhia tem caixa liquido, ou seja, caixa maior do que as dívidas, temos que seu valor da firma é ainda menor, de R$325 milhões.


Ou seja, o valor da forma atualmente é menor que a companhia captou em seu IPO, recursos basicamente para expansão do negócio, que vem acontecendo a passos largos como veremos. 

No ano de 2023  inauguraram 30 lojas e reformaram 12 lojas.  


Para 2024, espera  inaugurar 35 lojas e reformar outras 10 unidades.


A empresa pode praticamente dobrar o número de lojas até 2028 mantendo o ritmo de crescimento atuação


A  expansão dos próximos anos será focada no Mato Grosso,   por conta do agronegócio e onde a maior parte das farmácias  são independentes.


Além do crescimento de número de lojas  físicas   há oportunidades no E-commerce e digitalização para alcançar um público mais amplo e facilitar a compra online de produtos farmacêuticos.


Excelentes resultados


Com crescimento de 138% no lucro líquido no 4T23 para  R$ 10  milhões, a d1000 mostrou resultados impressionantes e cresceu mais que o seu setor.


O crescimento gera por sua vez uma  alavancagem operacional e a expansão das margens.

As vendas brutas aumentaram 16% nos últimos doze meses, resultado do forte ritmo de expansão, com a abertura de  30 novas lojas em 2023,  reformas de unidades antigas e maior vendas em mesmas lojas (sss).


O maior destaque foram  as categorias de não medicamentos e de medicamentos genéricos, que apresentaram alta, respectivamente, de 19,2% e 17,6% na comparação entre o 4T23 e o 4T22, e de 20,4% e 26,1% considerando a evolução anual.


O aumento no número de lojas levaram a aumento receita, mas não foi só isso.


O crescimento em mesmas lojas (lojas existentes há mais de 12 meses ) foi de 10,6%.


O crescimento foi de  8,5% em lojas maduras,  acima da inflação, com base em ajustes de mix - a Rede d1000 adotou estratégias comerciais visando ampliar a participação das categorias mais consumidas pelos clientes nas vendas totais - e gestão de CRM (Customer Relationship Management ou conjunto de práticas e  tecnologias para  relacionamento com o cliente).


No 1T14 o crescimento está maior que no 4T24 como indicado pela emrpesa no gráfico:

Fonte: d1000


A venda média por loja teve um aumento de 6,7% vs o 4T22, atingindo R$ 686 mil.  

Fonte: d1000


Mesmo assim, a venda media por loja deve crescer com a maturação das lojas. Veja que as lojas maduras já vendem mais, em torno de R$742 mil reais

 

Fonte: d1000


A maturação das lojas novas aumentaram a  rentabilidade bruta e operacional e tem espaço para isso:


Mesmo com uma receita por loja menor, a Panvel consegue ter uma margem de contribuição por loja maior porque o custo de aluguel no RS é menor que no  Rio de Janeiro)

A margem bruta aumentou +0,3 p.p em relação ao ano anterior, com  maiores vendas da  marca própria e  estratégia de mix.


Desta forma a empresa performou bem mesmo com o menor ajuste de preços da CMED, que definiu que os medicamentos comercializados no país só poderiam ser reajustados em até 5,6% em 2023


A CMED é a  Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos e ela estabelece critérios para fixação e ajuste de preços de medicamentos, em observância às normas que regulam o mercado.


Falando nisso, o ajuste anual proposto pela  CMED , será de 4,50% em 2024, a partir de abril.

O  EBITDA aumentou 132% ante o 4T22 com aumento de  2,1 p.p. na margem vs o 4T22, principalmente devido à alavancagem operacional, ou seja, com as maiores vendas diluindo as despesas administrativas e outras


O lucro líquido  de R$10 milhões no 4T23 foi fruto do  resultados operacional forte.


Fonte: d1000


Com os resultados do 4T23 a d1000 negocia nos últimos 12 meses  a apenas 2x o EBITDA dos últimos doze meses, um desconto grande frente à Raia Drogasil (13 vezes), Panvel (7 vezes) e Pague Menos (3 vezes), como mostra o gráfico abaixo:

 

Fonte: Investe10 e empresas


Se consideramos o Ebitda anualizado do último 4 trimestre a empresa segue mais barata que as pares. Alem disso é a que teve melhor crescimento em vendas em mesmas lojas e de Ebitda no 4T , veja na tabela:


 Fonte: Investe10, valores em milhões de reais quando não múltiplos

 

Ameaças e Riscos do negócio :


Concorrência Intensa: O mercado farmacêutico é altamente competitivo, com várias redes de drogarias e farmácias disputando a preferência dos consumidores.


Risco de execução: dado que a empresa planeja abrir muitas lojas em um setor já concorrido.

Sobre isso  o CEO da d1000 explica a grande quantidade de farmácias : “Adensamento talvez seja o melhor investimento em marca que você pode fazer”

 

Segundo ele, o aumento dos pontos de venda não gera perda de vendas. Ao contrário, a marca vai ganhando força dentro do bairro à medida que aumenta o número de operações.

 

A d1000 só aprova projetos que tenham retorno de mais de 22%.

 

Regulação e Compliance: Mudanças nas regulamentações governamentais podem afetar as operações da d1000, especialmente em relação à venda de medicamentos controlados.


Cenário Macroeconômico: Flutuações econômicas, inflação e instabilidade política podem impactar o poder de compra dos consumidores e afetar os resultados financeiros.


Margens baixas do setor: Este é um setor que tem margem liquida baixa e por isso problemas macroeconômicos e de regulação podem gerar prejuízo ao negócio.


Fonte: d1000


Desafios Logísticos: Gerenciar estoques, distribuição e logística de produtos farmacêuticos é complexo e requer eficiência operacional.


Baixa liquidez: com negociação de apenas  R$ 200 mil por dia,  dificulta a  posição por grandes fundos e existe pouca cobertura por bancos de investimento. Talvez por isso mesmo seja uma ótima opção para pequenos investidores que não tem problema com isso


CONCLUSÃO : RECOMENDAÇÃO DE COMPRA EM d1000 (DMVF3)


RECOMENDO AOS CLIENTES A COMPRA DE  1,5% DO PATRIMÔNIO DO CLIENTE NA EMPRESA.


O preço alvo é de R$11 por ação , upside de  62%


A d1000 segue ganhando market share  nos estados de atuação e  as vendas das novas lojas já superam as antigas, mostrando acerto na estratégia de abertura e maturação.


A Profarma está apresentando sucesso na expansão em lojas -  35 novas lojas são estimadas em 2024, com investimentos de cerca de R$80 milhões.


Até 2028 a d1000 pode fazer até  280 aberturas: Com um caixa líquido, vejo espaço para crescimento nos próximos anos , junto com uma segurança de não estar endividada.


Fonte: d1000


Por fim, o crescimento de lojas deve levar a uma boa  evolução de margens com diluição de despesas, o que já estamos verificando nos seus últimos resultados .


Não descarto que a empresa possa ampliar sua liquidez por meio de algum follow on ou então ser alvo de aquisição por uma rede maior, dado o baixo preço na bolsa. Faria sentido uma união com a Panvel por exemplo, na minha opinião pela complementariedade geográfica, apesar de não existir comentário sobre isso atualmente.


Segundo o CEO,  aquisições  só fariam sentido de redes com no máximo 50 lojas em novas regiões , sem necessidade de turnaround.



QUADRO DE AVISOS:


 
 

 

OFERTA PLATAFORMA INVESTING.COM !


USE MEU CUPOM CRISPRO NO SITE ABAIXO PARA GARANTIR ATÉ 50% DE DESCONTO





Cristiane Fensterseifer CNPI, CGA e consultora de investimentos no www.investe10.com.br
Cristiane Fensterseifer CNPI, CGA e consultora de investimentos no www.investe10.com.br


Abraços

Cristiane Fensterseifer – CNPI, CGA e consultora CVM

Instagram : @crisinveste

Twitter : @crisinveste

WhatsApp: 51 992017563

27/03/2024








 






592 visualizações1 comentário

1 comentario

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación

Entrei nela no passado a uns R$10 e sai a R$4. São ruins de execução

Me gusta
RECEBA
O MELHOR
CONTEÚDO DE
INVESTIMENTOS
NO SEU EMAIL

Obrigado(a)!

bottom of page