top of page

Bradesco (BBDC4) o pior resultado entre os bancões privados

O Bradesco ontem a noite apresentou um péssimo resultado para o 4T22, e não foi apenas por conta das Americanas...


O próprio banco já tinha guiado o mercado para um 4T fraco, após o 3T não agradar muito aos analistas.

Mas neste ultimo trimestre, não fosse a operação da corretora de seguros, o banco poderia ter apresentado prejuízo ...


Perto do resultado espetacular que o Itaú (ITUB4) divulgou esta semana, então, o resultado do Bradesco ficou parecendo ainda pior.


O Itaú é um bom comparável para o Bradesco, junto com o Santander. Juntos, são os três maiores e mais tradicionais bancões provados brasileiros e acumulam a maior parte do lucro deste setor do Brasil.


No caso do Bradesco, o lucro caiu 76% no 4T22 frente ao ano anterior.


Com isso, a métrica mais analisada nos bancos, o retorno sobre o patrimônio líquido (ROE ou ROAE) foi de 4% apenas., a menor rentabilidade sobre patrimônio desde 1987 segundo a Economática


O resultado do 4T22 do Santander já tinha vindo fraco e decepcionado o mercado, com ROE de 8%, bastante impactado pelas provisões das dívidas das Americanas (que no caso do Santander, diferentemente do Itaú e do Bradesco, não foram 100% provisionadas, por sinal)


Ainda assim,o Bradesco se superou.

Claro que o fato de as provisões para devedores duvidosos subirem 104% com eles provisionado totalmente a exposição em Americanas prejudicou o lucro do trimestre.


Mas o problema é que não foi só isso, o problema que 2023 também não será facil.


O crescimento do crédito esperado para o ano que vem por ele é baixo, de 6,5% a 9,5%. Na verdade o crescimento esperado do crédito pelo Itau (ITUB4) também não é o mais forte...


Aqui neste primeiro quadro estão as projeções divulgadas pelo Bradesco para 2023 e no segundo quadro a do Itau para você comparar:



A qualidade da carteira de crédito em geral foi fraca e o cenário macro do Brasil não está jogando a favor da sua grande exposição em pequenas e medias empresas e ao varejo de baixa renda.


Sem o efeito das Americanas (AMER3) no resultado do 4T o ROE do Bradesco seria 13%, ainda assim pior que a a Selic que está em níveis estratosféricos.


Se a gente considerar o ponto médio das expectativas que o Bradesco passou para 2023, teríamos um lucro de cerca de R$20 bilhões e um ROE de 13% esperado para 2023, igualmente fraco...


Com as quedas da ação, estamos falando de um P/L de cerca de 7 vezes, semelhante ao do Itaú ITUB4 , que apresentou resultados muito superiores e um ROE de 19%, mesmo contabilizando totalmente sua exposição à Americanas.


Ao contrário do Bradesco e do Santander, o Itau conseguido manter boas rentabilidades e inadimplência usando tecnologia de concessão de crédito.


************************************

************************************

Os resultados fracos de bancos como o Bradesco e o Santander falam além de suas próprias operações e mostram por exemplo:


1) O impacto que a Selic muito alta está fazendo na inadimplência geral da economia


Como disse muito bem Dan Kawa no seu Tweet abaixo:





Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
RECEBA
O MELHOR
CONTEÚDO DE
INVESTIMENTOS
NO SEU EMAIL

Obrigado(a)!

bottom of page