top of page

A hora da bolsa ! Bancos Centrais anunciam cortes de juros e bolsas sobem em disparada!

Mais importante que as decisões, a fala dos dirigentes dá o tom do mercado!


Citando a desaceleração da atividade e da inflação e a alta do desemprego, os dirigentes do FED dão pistas de quedas de juros antecipadas por nos EUA.


O FED, banco central americano anunciou, como esperado, a manutenção da taxa de juros no intervalo entre 5,25% e 5,50% ao ano.


Aqui, também como esperado, o Copom baixou em 0,5 p.p, para 11,75% ao ano, a Selic, enquanto seus membros unanimemente anteveem redução igual nas próximas reuniões.


Entendendo o gráfico de pontos que animou o mercado:

 

O gráfico de pontos aponta para três cortes em 2024, quatro cortes em 2025 e três em 2026


O FED divulgou seu gráfico de pontos, mostrado abaixo, com as projeções de cada integrante do comitê para os juros nos próximos anos.


Pelas projeções, os diretores do FED esperam uma redução de nos juros até o final de 2024, para 4,6%, uma queda maior de juros do que o gráfico de setembro indicava.


Perceba pelos pontinhos que a maioria dos diretores espera em 2024 a taxa entre 4,25% e 5% e só dois pontinhos (diretores) esperam taxas estáveis frente a 2023.


De acordo com dados da CME, o mercado vê agora 72,2% de chance de que o Fed iniciará cortes de juros já em março de 2024.


Como reação direta, os juros caíram no mercado e as bolsas subiram fortemente!


Dow Jones fechou em alta de 1,40% - ultrapassando pela primeira vez na vida seus 37 mil pontos, o S&P subiu 1,37% e a Nasdaq 1,38% 


Aqui, o Ibovespa fechou com alta de +2,42%, enquanto o dólar caia a R$ 4,91, com queda de quase 1%


Além dos juros algumas Projeções também foram divulgadas e a expectativa do PIB dos EUA para 2024 ficou em 1,4%, a inflação pelo PCE caiu para 2,4%


Hoje mais cedo o Índice de Preços ao Produtor (PPI) ficou estável em novembro, abaixo do esperado.


Somando mais um dado positivo e indicativo da inflação nos EUA convergindo para a meta de 2% ao ano.

 

Se o cenário de queda de juros se materializar nos EUA, como indicado pelos membros do FED, teremos provavelmente uma continuidade no bom desempenho visto pela bolsa este ano.


Aqui no Brasil, a bolsa sobe 18% em 2023!

 


Abraços

Cristiane Fensterseifer CNPI

13/12/2023

112 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
RECEBA
O MELHOR
CONTEÚDO DE
INVESTIMENTOS
NO SEU EMAIL

Obrigado(a)!

bottom of page