top of page

Reunião anual da Sanepar: vale a pena investir na SAPR11?

Hoje tivemos a reunião anual da empresa e aproveito para realizar uma revisão do case, e se vale a pena investir na empresa.


Queria começar relembrando o primoroso resultado da Sanepar no 2T23.


O resultado de SANEPAR (SAPR11) foi sensacional na minha opinião, bem acima do consenso.


A Receita líquida aumentou 13% frente ao 2T22 e Lucro líquido foi de R$ 422 milhões, sendo 81% maior que no ano anterior.


O Ebitda subiu 50% no 2T23 frente ao 2T22 e a empresa apresentou ganho de 10 pontos de Margem Ebtida passando de 32,6% no 2T22 para 43,2% no 2T23.

Fonte: Sanepar
Fonte: Sanepar

O índice de atendimento de agua foi de 100% e de esgoto de 79,4% na região de atuação.


Na sua reunião anual, a Sanepar não divulgou uma projeção de receitas, mas o ultimo resultado mostrou uma execução primorosa e me deixa animada com o futuro.


Além disso, temos outros pontos que foram comentados no investor day de hoje, os quais serão detalhados aqui.

Para quem não conhece a Sanepar ...


A Sanepar é a empresa responsável por realizar a captação, o tratamento, a preservação e distribuição de água, bem como a coleta e o tratamento de esgoto e de resíduos sólidos, atendendo a mais de 300 municípios do Paraná.


O faturamento é decorrente principalmente das ligações de água residenciais, que representam 91% do total.


A maior parte dos mais relevantes contratos de programa e de concessão da Sanepar, em termos de participação nas receitas, tem um prazo de vigência remanescente superior a 20 anos.


Controlada pelo estado do Paraná, que detém hoje 20% do seu capital social e 60% do seu capital votante, e uma das partes da tese da empresa é justamente uma aposta em uma eventual privatização dela, tal como ocorreu com a Copel, de energia elétrica do paraná, este ano.


Investimentos, dividendos e alavancagem


Gosto de ter no portfólio ações de boas pagadoras de dividendos para minimizar a volatilidade.


Tais empresas tem fluxo de caixa e receitas mais estáveis, como é o caso das empresas de saneamento.


Com negócios menos cíclicos, as oscilações das suas ações em Bolsa tendem a ser menores do que as das demais empresas.


Os ganhos com distribuição de dividendos anuais, estimados em cerca de 6% para os próximos anos, a cotação confere uma atrativa relação risco e retorno.


Em relação aos dividendos é uma hipótese a ser estudada pela empresa é o pagamento com maior periodicidade, ou até mesmo adotar uma alavancagem um pouco maior para otimizar a composição de capital e com isso pagar mais proventos.


A empresa estima investir R$10,7 bilhões de 2023 a 2027 e tem o rating excelente, com avaliação pela Fitch e Moodys de AAA (bra), refletindo sua confortável posição de endividamento frente ao Ebitda de apenas 1,6 vezes no 2T23.


Fonte: Sanepar
Fonte: Sanepar


Mercado livre de energia e menores custos


A boa notícia da reuniao a migração da Sanepar para o Livre Mercado de Energia, com economia esperada por ano de até R$40 milhões até 2028 e até 2028, a economia anual deve alcançar R$417 milhões.


Esta economia deve gerar ganhos principalmente para seus consumidores, pois deve ser repassada em tarifas menores segundo o modelo regulatório atual no qual custos não gerenciáveis como o de energia são totalmente repassados para tarifas.


Nem tudo está perdido, no entanto, pois tarifas mais baixas tendem a trazer benefícios como desestimular furtos e inadimplência.

Serviços agregados


A segunda boa notícia da qual a empresa falou muito na sua reunião anual são os serviços adjacentes ao de água e esgoto como a transformação do lodo do esgoto em biofertilizantes e adubo via parceria, expandindo o uso agrícola.


Fonte: Sanepar
Fonte: Sanepar

Também exploraram a possibilidade de geração de energia como o hidrogênio verde, entre outras iniciativas de reuso.

Fonte: Sanepar
Fonte: Sanepar

A verdade é que além de não ter estimativas de receitas estas medidas hoje são pequenas em relação aos números gerais da empresa.


Ainda assim, são interessantes medidas e não devem ser negligenciadas, até pelo seu impacto ambiental e na sociedade.


Bônus na tese – uma espécie de precatório a receber


Por fim, temos alguns comentários da empresa sobre pagamento por parte do governo federal devido de contingencias tributárias.


Tal valor que é devido pelo governo é estimado em R$3,6 bilhões e considerado incontroverso, mas, segundo a empresa, tal valor não tem uma evolução ou previsão de pagamento imediata.


Parcerias Público Privadas (PPPs)


O novo marco do setor gerou uma regionalização conforme figura abaixo, e com isso expandiram-se as PPPs (Parcerias Público Privadas)


Fonte: Sanepar
Fonte: Sanepar

Para a região centro litoral no dia 14/07 a empresa teve sua Primeira PPP com investimento de R$1,1 bilhões com desafio de 31% e economia de mais de 350 milhões para a empresa em um contrato de 24 anos e para atender 16 municípios.


Nas outras micro regiões as consultas públicas estão publicadas de julho e até o final do ano devem ter na B3 os resultados dos vencedores das outras regiões para esgotamento sanitários.


Existem municípios na regionalização que estão fora dos limites de atuação da Sanepar.


Nesse caso, o município que não tem a Sanepar como a prestadora de serviço precisa respeitar as regras que estão estabelecidas para sua microrregião.


Mas um município fora da região da SAPR pode sim, licitar para contratar o serviço, dentro das regras da sua região, que é imposta pela nova lei do novo marco do saneamento.


Aquele município que ficar fora das PPPs por exemplo , nos quais tem contrato com a Sanepar , a empresa vai anteder normalmente.


Riscos


Como sempre existem riscos relacionados ao controle estatal , a economia do país, ao fato de a empresa estar sujeita a regulação para atuar e mesmo da hidrologia do brasil, que hoje parece normalizada, mas não esqueçamos que passamos recentemente por uma crise hídrica que afetou fortemente as operações da empresa.


Conclusão: continuo otimista com Sanepar (SAPR11)


Acredito que é valido permanecer investido na Sanepar, tanto pela possibilidade de privatização da empresa, o que não foi anunciado, mas levando em consideração o que ocorreu com a Copel não é descartado.


Ainda temos o mesmo governante por mais três anos e neste período podemos ter alguma notícia nova em relação a privatização da Sanepar .


A privatização seria positiva pela eficiência e governança com a retirada de uma parte do desconto que a empresa tem por ser de controle estatal e a cada quatro anos ter muito presente este risco de mudança de governo e condução dos negócios.


Para além da chance de privatização, a Sanepar representa uma oportunidade de retorno aos acionistas na forma de valorização das ações e também com o pagamento de proventos.


Quando comparamos os múltiplos da Sanepar frente aos das suas pares setoriais, verificamos também que, neste quesito, ela apresenta múltiplos projetados pelo consenso de mercado inferiores aos das demais empresas do segmento.


No múltiplo EV/Ebitda, que compara o valor de mercado da empresa acrescido da dívida líquida com a sua geração de caixa medida pelo Ebitda, ela aparece com um múltiplo menor que da Sabesp e Copasa.


No Índice de Preço sobre lucro, também possui o menor índice entre as pares setoriais Sanepar (SAPR11), Copasa (CSMG3) e Sabesp (SBSP3).


Veja no quadro abaixo como a empresa aparece “premiada” em relação as pares setoriais nos mais diversos múltiplos e indicadores.

Fonte: Oceans14
Fonte: Oceans14

Claro, entendo que as pares se valorizaram justamente pelos planos de privatização.


Mas tal hipótese, bem como a excelente performance financeira da Sanepar não podem ser desconsiderados na minha opinião.


Por fim, a ação da empresa é negociada com desconto EV/RAB (Ativos totais sujeitos a remuneração regulatórios) comparativamente aos seus pares listados.


Se considerássemos um EV/RAB de 1 vez, o que é inferior a algumas empresas privadas do setor elétrico por exemplo, e os investimentos previstos pela empresa, que ampliam sua base de ativos, teríamos mais de 100% de upside para suas ações.



Abraços

Cristiane Fensterseifer , CNPI, CGA e consultora CVM

30/08/2023

199 visualizações0 comentário

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
RECEBA
O MELHOR
CONTEÚDO DE
INVESTIMENTOS
NO SEU EMAIL

Obrigado(a)!

bottom of page