top of page

acho que O índice Ibovespa inteiro é cliente desta empresa!

Atualizado: 3 de fev. de 2023

Após cair mais de 50% desde as máximas, esta ação me parece barata demais para ignorar.

É importante ressaltar que esta empresa mais de 50% não é nada trivial.

Isso porque empresas com seu perfil costumam ter menor volatilidade.

Pela sua característica de negócio, a empresa possui um resultado mais estável do que a média das empresas, independentemente do ciclo econômico, é uma boa geradora de caixa e pagadora de dividendos.

Vamos lá:

Este relatório traz alguns insights após uma conversa com Jose Roberto Pacheco, diretor financeiro e de relação com investidores da Odontoprev (ODPV3) e traz mais detalhes sobre os motivos pelo qual ela é a nova adição na carteira de dividendos e geral.


Líder da área na América Latina em planos odontológicos


A Odontoprev (ODPV3) é líder da área na América Latina em planos de saúde odontológicos.

Observe que a ODPV3 caiu 52% desde a última máxima em julho de 2021.


Fonte: Google


A última vez que a empresa tinha apresentado uma queda de magnitude semelhante, foi lá por 2008, quando ocorreu a grande crise do suprime americano, como você pode ver no gráfico abaixo:


Fonte: Google


Negociada atualmente a R$8,76 por ação, a ODPV3 voltou a ter sua cotação de 2014, sendo que seus resultados, não apenas foram bastante resilientes durante estes anos todos como cresceram muito desde lá, como você pode verificar nos gráficos na sequência:


A receita dobrou


Primeiro, vemos que apesar da sua cotação atual estar no mesmo patamar de 2014, sua receita vem continuamente subindo e saiu da faixa de R$1 bilhão de reais naquele ano para quase R$2 bilhões nos últimos 12 meses.


Fonte: Fundamentus


As margens estão ainda mais altas


Quando o assunto é margens e rentabilidade, temos uma companhia com margens elevadas, pela natureza do negócio, mas também pela maneira eficiente de atuar, que eu explico mais adiante.

Sua Margem Bruta sempre ficou acima de 45% e atualmente roda a mais de 60%, como mostra o próximo gráfico.

A sua margem Operacional (Ebit), depois de descontadas as despesas da operação, nunca foi negativa e sempre foi maior que 25%, estando atualmente em mais de 35%, uma margem bastante alta.



Fonte: Fundamentus


Os lucros mais do que dobraram


E por fim, mas de jeito nenhum menos importante, temos uma empresa que saiu de um lucro líquido anualizado na faixa de R$200 milhões em 2014, quando sua cotação custava o mesmo que atualmente, para um lucro líquido anualizado que é mais que o dobro disso, em R$450 milhões, como pode ser visto no gráfico abaixo.



Fonte: Fundamentus


Como o gráfico acima também mostra, a Odontoprev sempre foi e provavelmente sempre será uma boa pagadora de dividendos!


Com seu modelo diferenciado e baixo em necessidade de investimentos e ativos (chamamos isso de asset light no mercado), com baixíssima necessidade de caixa, distribui quase todo o lucro em dividendos há mais de 10 anos.


Resumindo em uma tabela, o crescimento médio anual da Odontoprev (ODPV3) é de mais de 15% ao ano desde 2006 nas principais linhas da demonstração de resultado:


Fonte: Odontoprev


Com mais caixa que dívidas, se beneficia da Selic alta


Em tempos de Selic nas alturas em cerca de 14% (e que deve ficar neste patamar por um bom tempo), estamos falando de uma empresa que tem um caixa líquido enorme.


Fonte: Odontoprev


Ou seja, a Odontoprev não tem dividas e tem caixa sobrando, o qual se beneficia, portanto, com as receitas financeiras altas oriundas da alta taxa de juros.


Alta rentabilidade histórica e atual


Como não poderia ser diferente, com um negócio que é excelente gerador de caixa e demanda relativamente baixo investimento, o ROIC (Retorno Sobre o Capital Investido) e o ROE (Retorno Sobre o Patrimônio Líquido) da Odontoprev são excelentes e maiores que o retorno da Selic, como mostram os próximos gráficos:


Fonte: Fundamentus


Fonte: Fundamentus


E os múltiplos? Abaixo do histórico!


Claro, uma empresa com tantas qualidades, costuma “cobrar o seu preço” ou seja , costuma ser mais cara no sentido de negociar com múltiplos (P/L, EV/EBITDA, PVPA, etc) mais altos que outras empresas com menor rentabilidade, resiliência e crescimento.


Ocorre que, com as quedas do mercado, como mostrado no inicio do relatório, os múltiplos da Odontoprev estão bem menores que sua media histórica, abrindo uma excelente oportunidade de compra.


Veja só:


Na métrica Preço sobre Valor Patrimonial (PVPA) a empresa só esteve mais barata que agora na crise do subprime nos EUA, lá em 2008. Excluindo tal período, nunca a companhia esteve tão barata segundo esta métrica, como mostra o gráfico abaixo.


Fonte: Oceans14


Quando olhamos seu P/L, ou seja o valor de mercado dividido pelos lucros de 12 meses, atualmente negociada a 11 vezes, a ODPV também está com um múltiplo tão baixo quanto na pior crise do mercado de capitais dos últimos tempos quando o P/L foi de 10 vezes.


Fonte: Oceans14


Bom upside estimado!


Com tudo isso, quando olhamos a expectativa do mercado para suas ações vemos um bom upside, como mostra a figura.


Fonte: Yahoo Finance


Quando olhamos a média das estimativas para preço alvo compiladas de 9 analistas, a média é de R$11,55 o que representa um potencial de alta de 31,8% frente a atual cotação.

Mesmo o preço alvo mais baixo desta compilação é de R$9,50, um upside potencial de 8% sobre o atual preço.

Quando olhamos o analista mais otimista, seu preço alvo de R$14 confere um potencial de alta estimado de quase 60% para as ações.


Nossa conversa com a empresa


Com 35 anos de existência, a Odontoprev foi Formada em 1980 por jovens dentistas, sempre vinculada a odontologia de qualidade e é operada por dentistas até hoje.

Listada em bolsa por 16 anos, é controlada pelo Bradesco e tem 60 mil acionistas no Brasil.



Fonte: Odontoprev


Após a abertura de capital em 2006 o número de clientes de multiplicou por 5 passando de pouco mais de 1,5 milhões de brasileiros para mais de 8 milhões hoje, em todo o Brasil.


A empresa tem ativos e credencia profissionais em 2.600 cidades e cobre a totalidade de municípios com mais de 50 mil habitantes, oferecendo soluções odontológicas através de planos desde a pequenas empresas até grandes, bem como os planos individuais (B2C) vendidos para as pessoas físicas diretamente.


Um mercado grande a capturar


O Brasil atualmente tem cerca de 50 milhões de pessoas com pano de saúde e 30 milhões com planos dentais.

Mas enquanto os planos de saúde estão estagnados desde 2014, o dental cresce, pois, a penetração no Brasil ainda é muito baixa. Veja só:





Nos EUA e Canada cerca de 80% da população tem plano de saúde e dental.

No Brasil, quando a ODPV abriu capital só 4% dos brasileiros tinham planos dentais, hoje, são 14%, mas ainda é uma indústria jovem, que vem crescendo e tem muito espaço pela frente.


Vias de crescimento


Para crescer, a empresa tem que diversificar e buscar não só o grande empregador, mas ser pioneira em buscar o pequeno empresário.


Com a marca Bradesco Dental a ODPV já tem 1 milhão de planos para as pequenas e medias empresas.


As pequenas empresas tem um risco maior, por isso o preço é maior, mas o atendimento a rede credenciada é exatamente a mesma.


Quanto menos participantes um contrato maior risco: Uma empresa de 20 mil funcionários tem um risco muito diluído, por outro lado o plano individual tem o maior risco.

Por isso, os preços do plano sobem quanto menor for o número de participantes de um contrato.


A empresa opera de forma única


Com uma maneira bem brasileira, que nunca encontraram em empresa gringa, a Odontoprev funciona assim:


Todos os dias, na sede da empresa em São Paulo, cerca de 20 mil tratamentos chegam para eles de forma digital.


Desta forma, estão acompanhado desde a limpeza, passando pela carie e pelo tratamento de canal de todo Brasil de forma digital.

Estas informações são recebidas do prestador de serviço credenciado, arquivadas e compreendidas, de forma que os dentistas da Odontoprev acompanham a qualidade de cada tratamento para aprovar o pagamento ao prestador do serviço.


Este é um modelo de dupla garantia:


Primeiro, pois você vê se o tratamento está sendo executado de acordo com as melhores práticas.


Documentando, acompanhando, entendendo e depois dizendo este tratamento foi bem feito, conseguem atestar um bom nível de qualidade para os clientes.


Vantagem da distribuição


A Odontoprev tem o privilégio de estar liderando não apenas pela escala, mas pelas parcerias de distribuição.


A parceria mais conhecida hoje é com o acionista controlador, o Bradesco, por meio do qual estão distribuindo a marca Bradesco Dental.


Eles tem a rede de atendimento e isso permite um crescimento muito interessante e resiliente.


Fato é que os planos de saúde e dentais sempre buscaram as grandes empresas, os grandes empregadores, aqueles que tem mais clientes.


Agora, a Odontoprev está levando de um maneira estruturada os planos também para os pequenos empresários, e chegar nestes é difícil, mas conseguem isso com as agências bancárias, corretoras e meios digitais.


Concorrência


Há bastante concorrência no setor.


São mais de 400 concorrentes, mas os principais concorrentes deles hoje dentre as cias abertas são a Sul América, que está em transição societária, a Amil que já foi listada e agora é controlada por um grande americano e a MetLife, mais uma americana líder mundial em seguros de vida.



Estes acima são os concorrentes diretos no nicho de mercado de alta qualidade e posicionamento premium.


O principal para se diferenciar destes concorrentes é a plataforma de tecnologia em que garante todos os tratamentos com o duplo acompanhamento de todos os casos.


As empresas de medicina não fazem isso pois tem pouca receita originada do dental, enquanto a Odontoprev tem 90% da receita originada no dental.


O gráfico abaixo mostra, que enquanto a maior parte das receitas vem da medicina nas demais empresas, na Odontoprev o foco é o dental, com a maioria das receitas:




Custos – a Odontoprev tem a menor sinistralidade


Certificando que todo tratamento foi acompanhado e inspecionado, a Odontoprev não apenas confere uma qualidade diferenciada, como reduz os custos e sinistralidade, praticamente zerando as fraudes.


A sinistralidade da empresa vem caindo ao longo dos anos:



Fonte: Odontoprev


Veja no gráfico como a sinistralidade é menor que concorrentes:


Nos últimos 10 anos, a Odontoprev conseguiu praticar preço de venda maior, com um custo mais baixo que muitos concorrentes, devido a combinação de maior qualidade percebida, larga distribuição do produto e controle de sinistralidade, com base no controle de custos e de fraude.



Esta precificação maior com sinistralidade menor, leva a empresa a fazer o dobro de margem em relação a algumas concorrentes.


Enquanto isso, o processo de controle e auditoria de qualidade minimiza a fraude já que acompanham muito no detalhe e de uma maneira digital.


A fraude pode acontecer quando o dentista faz mais procedimentos que o necessário devido a assimetria de informação ente o funcionário e o profissional.


Por isso a dupla checagem da Odontoprev, onde outro profissional confirma a necessidade do procedimento, por meio da certificação eletrônica


Faltam dentistas?


Não. O Brasil tem o maior número de dentistas do mundo.


São quase 400 mil dentistas aqui, frente a 160 nos Estados Unidos, como você pode ver no gráfico abaixo.



A Odontoprev tem menos de 10% deles na sua rede – cerca de 30 mil dentistas ou clinicas credenciadas - deixando bom espaço para expansão.


Atualmente tem fila de profissionais procurando a Odontoprev para credenciar sua clínica pois isso confere uma grande previsibilidade de clientes e garante um grande fluxo de ocupação no consultório.


Além disso, oferecem de graça os materiais pros dentistas e educação continuada online, afinal, quanto melhor a performance e qualidade de o dentista, melhor para a perpetuidade pro negócio da Odontoprev.


Cerca de 200 dentistas da empresa são consultores de campo e constroem constantemente esta base de credenciados, medindo a performance de cada região e mantendo viva esta rede de diversos profissionais em diversos níveis diferentes.


É verdade que a empresa precisa de profissionais de determinadas especialidades e quanto maior a cidade maior a diversidade.


Para conquistar um cliente novo no interior do Rio Grande do Sul, por exemplo, precisa de cerca de 3 municípios atendidos e ter uma rede grande como eles faz uma enorme diferença.


Por isso, o monitoramento e fidelização da rede credenciada é da maior importância para a Odontoprev.


Receitas e margens


Na pandemia, mais precisamente no 1S2020, ocorreu muito impacto no negócio com perda de clientes de pequenos empresários ou planos individuais que quebraram.

Agora a Odontoprev vem numa trajetória de recuperação importante, com custos mais baixos.



Nos próximos anos devem ter uma margem superior, pois estão mudando o perfil de cliente, antes era focada nas grandes corporações e hoje 40% da receita já é de pequenas empesas, com margem maior especialmente quando a venda é feita em canais grandes e eficientes como o Bradesco e Banco do Brasil que eles tem em caráter exclusivo.



As margens fazem são da ordem de 25% e tem crescido porque os bancos tem uma ótima capacidade de precificação, cobrança e análise de crédito.



A possibilidade de trabalhar em débito automático em cartão de credito, a plataforma digital dessas organizações é muto boa.

Isso diferencia a ODPV e gera valor onde a indústria e concorrentes tem maior dificuldade em chegar.


Riscos


O maior risco deles é o de frequência de utilização.


O que ocorre em momento de recessão:


Se o cliente do plano tem medo de perder o emprego, ele usa o máximo que der antes de perder o benefício.


Por isso, em momentos pre recessão aumenta muito a frequência e a margem cai e estão monitorando isso todo os dias.


Atualmente não parece que vá ter recessão no Brasil, pois o PIB está positivo o emprego gerado com carteiras novas, o desemprego novo e mantido estabilidade.


A empresa disse estar construtiva em manter o ciclo de inovação com produtos mais rentáveis e usando canais de distribuição grandes e líderes de mercado .


A marca Bradesco Dental para pequenas empresas está cada vez mais escalando o mundo digital tem muito interesse futuro em disponibilizar ferramentas novas.


Dividendos !


Por fim, a Odontoprev é fortíssima pagadora de dividendos.


No IPO levantaram R$175 milhões e já devolveram mais de R$ 3 bi em dividendos ao mercado.


Em saúde é muito raro falar em dividendos pois as empresas não tem sobra para distribuir, já pois precisam de muito capital para investir.


Pelo menos metade do lucro, estatutariamente, é distribuído pela empresa no caso da ODPV.


Todos os trimestres tem JSCP e além disso fazem distribuição de dividendos ou recompra de ações.


O gráfico abaixo mostra a remuneração ao acionista em dividendos, juros sobre o capital próprio e recompras:



A expectativa é que os dividendos pelo menos acompanhem a inflação nos próximos anos, com uma média de cerca de 4-5% ao ano.


Grande Abraço,

Cristiane Fensterseifer, CNPI, CGA - 13/10/2022








Disclaimer

Exoneração de responsabilidade e informações importantes:

Os conteúdos podem mencionar possibilidades de lucro financeiro decorrente de investimento, eximindo-se a analista de qualquer responsabilidade sobre eventuais prejuízos do cliente em decorrência da tomada de decisão deste. Recomendações de investimento mesmo quando são fundamentadas pela avaliação criteriosa de um analista certificado, podem não estar corretas e não antecipar o comportamento dos mercados com exatidão. Padrões, histórico e análise de retornos passados não garantem rentabilidade futura. Todo investimento financeiro, em maior ou menor grau, embute riscos que podem ser mitigados, mas não eliminados. Nunca devem ser alocados em renda variável recursos destinados a despesas imediatas ou de emergência, bem como valores que comprometam o patrimônio do cliente. A analista não realiza intermediações financeiras e não obtém nenhum tipo de receita advinda de comissões, corretagens ou emolumentos sobre montantes aplicados, cabe ao investidor a exclusiva responsabilidade pela execução de operações junto à respectiva instituição financeira na qual possua conta aberta. Os analistas têm, ou podem vir a ter, posições nos investimentos recomendados. O disclaimer não se sobrepõe à legislação e regulamentação vigentes.

ATENÇÃO: Retornos passados não são garantia de retorno futuro. Investimentos envolvem riscos e podem causar perdas ao investidor. Cada investidor deve desenvolver suas próprias análises e estratégias, considerando seu nível de risco e perfil de investidor.

Ao assinar, adquirir ou utilizar quaisquer de nossos produtos ou serviços, você concorda e sujeita-se ao Termo de Uso sem o qual não poderá contratar o serviço:

TERMO DE USO: VOCÊ CONCORDA QUE INVESTIMENTOS ENVOLVEM RISCOS E QUE O MATERIAL DISPONIBILIZADO AQUI NÃO OFERECE GARANTIA DE RETORNO, EXPRESSA OU IMPLÍCITA, CABENDO AO CLIENTE POS SUA OPÇÃO, CONTA E RISCO COLOCAR EM PRÁTICA INVESTIMENTOS BASEADOS EM TAIS INFORMAÇÕES.

Cada investidor deve desenvolver suas próprias análises e estratégias.

Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários(de investimento), nos termos da CVM nº 20/2021

O analista de investimento, ou de valores mobiliários, envolvido na elaboração deste relatório declara que as recomendações contidas neste refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

1. O(s) analista(s) de investimentos, envolvidos na elaboração deste relatório, não tem vínculo com pessoa natural que trabalha para o emissor objeto do relatório de análise.

2.O(s) analista(s) de investimentos, seus cônjuges ou companheiros, podem deter, direta ou indiretamente, em nome próprio ou de terceiros, ações e/ou outros valores mobiliários de emissão das companhias objeto de sua análise.

3.Os analistas de investimento, seus cônjuges ou companheiros, podem estar direta ou indiretamente envolvidos na aquisição, alienação ou intermediação dos valores mobiliários objeto deste relatório.

4.Os analistas de investimento, seus cônjuges ou companheiros, podem ter direta ou indiretamente, interesse financeiro em relação à companhia emissora dos valores mobiliários analisados neste relatório.

5.Os analistas de investimento, seus cônjuges ou companheiros, negociam com cotas de fundos de investimento que concentram seus investimentos na companhia analisada ou em seu setor da economia, ou em cuja administração ou gestão podem influenciar, direta ou indiretamente.

As opiniões são individuais do analista a partir da sua percepção e analise, bem como projeções e entendimento e sempre são sujeitos a mudanças acompanhando os fatos.

O conteúdo não constitui oferta de negociação de valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros.

O analista responsável pela elaboração do conteúdo declara, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº 20/2021, que suas recomendações refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e são elaboradas de forma independente.

Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvidos na elaboração deste relatório, nos termos da CVM nº 20/2021:

1. O(s) analista(s) de investimento, ou de valores mobiliários, envolvido(s) na elaboração deste relatório (“Analistas de investimento”), declara(m) que as recomendações contidas neste refletem exclusivamente as suas opiniões pessoais sobre as companhias e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma,

. 2. O(s) Analista(s) de investimento podem see titulares de valores mobiliários objeto do presente relatório.

Os relatórios específicos são de uso exclusivo dos adquirentes e não podem ser reproduzidos ou distribuídos.

A reprodução indevida de relatórios ou trechos está sujeita a multa e demais punições cabíveis, de acordo com artigos 102 e seguintes da Lei 9.610/98.

Cada investidor deve desenvolver suas próprias análises e estratégias.


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
RECEBA
O MELHOR
CONTEÚDO DE
INVESTIMENTOS
NO SEU EMAIL

Obrigado(a)!

bottom of page