top of page

Nova ação indicada: Boa, resiliente e barata.

Diante do stress de mercado, ações do setor de energia elétrica são considerados por muitos analistas como opções com menor risco.


São ativos mais defensivos por suas características de bem essencial – ninguém pode deixar de usar a luz em casa – e por serem regulados e terem repasse pelo menos de parte da inflação nas tarifas.


As distribuidoras de energia são uma atividade com equilíbrio econômico-financeiros definida pela reguladora Aneel, que tem um histórico longo e confiável no Brasil nestes ajustes.


Barata, defensiva e com um evento possível de valorização.


Conheça mais sobre empresa escolhida:


A Coelce é uma small cap com valor de mercado de apenas R$ 4 bilhões e por isso passa longe dos holofotes dos grandes fundos de investimentos, um dos motivos para ela negociar com grande desconto de múltiplos para as pares.


A empresa fornece energia elétrica aos 184 municípios do estado do Ceará para mais de 4 milhões de unidades.


Qual é o evento que pode destravar valor?


A Coelce está a venda!


O evento portanto fica por conta de uma possível VENDA PARA OUTRA EMPRESA e uma possível uma oferta para fechamento de capital subsequente, que pode destravar valor mais rapidamente.


Veja por exemplo o que ocorreu com o recém fechamento de capital da Energias do Brasil, cm alta de mais de 20% das ações.

ENBR3 teve premio de 22% na OPA. Fonte: Infomoney
ENBR3 teve premio de 22% na OPA. Fonte: Infomoney

Valorização da ENBR3 com a OPA
Valorização da ENBR3 com a OPA

A Coelce é controlada pela Enel Brasil, que detém 74% das ações e faz parte de um grupo italiano que também tem investimentos em diversos países como Rússia, Chile, Colômbia, Argentina e Peru.


No plano estratégico para 2023-25 a Enel no intuito de reduzir seu endividamento anunciou a venda de bilhões em ativos, saindo da Argentina e do Peru...e a Coelce também foi colocada à venda.


A Enel inclusive recentemente concluiu a venda da distribuidora de Goiás


A controladora pretende aumentar em 6% os investimentos, para 210 bilhões de euros, com foco em descarbonização e geração de energia limpa, o que não é o foco da Coelce, que é uma distribuidora e não uma geradora.


Tentativas frustradas de fechar o capital tinham múltiplos maiores que os atuais


A controladora já tentou fechar o capital da Enel Distribuição Ceará (COCE5) sem sucesso em 2014.


Quem vai ficar com a Coelce - no Brazil Journal
Quem vai ficar com a Coelce - no Brazil Journal

Não faz muito sentido manter a Coelce listada com uma liquidez tão baixa e os preços atuais bastante descontados pela crise poderiam facilitar sua venda.


Como mostro no gráfico abaixo, a cotação da empresa também sofreu a crise, apesar de menos que outras companhias mais voláteis.


Ações da Coelce (COCE5) acumulam desvalorização no ano
Ações da Coelce (COCE5) acumulam desvalorização no ano

Na época da tentativa de fechamento de capital o múltiplo que poderia ser pago era superior a 2 vezes o valor da firma sobre a base de ativos regulatórios (EV/RAB), hoje a Coelce negocia a menos de 1 vez.


Quem pode comprar a Coelce


No caso da venda para outra empresa, a Equatorial que tem longa historia em compras de empresas na região poderia ser uma das interessadas. Além dela a gigante CPFL e eventualmente a Energisa e Neoenergia.

Investing: Neoenergia avalia Coelce mas não vai fazer "loucura" no preço da aquisição
Investing: Neoenergia avalia Coelce mas não vai fazer "loucura" no preço da aquisição

O negócio de distribuição ganha mais conforme a escala e por isso a consolidação e compras entre elas faz muito sentido.


Segundo fontes, players estratégicos estão mais interessados que fundos, o aumenta as chances de uma OPA (oferta pública de aquisição) para deslistar a empresa.


Se o fechamento não acontecer, a empresa é barata em múltiplos


Olhando para os múltiplos de empresas comparáveis listadas em Bolsa a Coelce parece muito descontada.


A média do setor é de 1,8 vezes EV/RAB enquanto a Coelce está negociada a 1,1 vezes EV/RAB.


Se trouxéssemos o múltiplo para a média setorial, teríamos, portanto, um potencial de 55% de valorização nas suas ações

Coelce negocia com um dos menores múltiplos EV/RAB
Coelce negocia com um dos menores múltiplos EV/RAB

Ótimos dividendos trazem retorno apesar de eventos


O pagamento de dividendos garante um carrego mais fácil das ações na carteira.


A Coelce (COCE5) possui resultados sólidos e tem potencial de pagar 5% de dividend yield anual segundo minhas estimativas, em linha com o retorno em dividendos de 5% nos últimos 12 meses.


Múltiplos baixos frente aos pares


A Coelce negocia atualmente a um P/L de apenas 5 vezes nos últimos 12 meses e tem um histórico consistente de crescimento de lucro como você pode ver abaixo.

Lucro líquido da Coelce. Fonte: Oceans14
Lucro líquido da Coelce. Fonte: Oceans14

Além da Coelce ser uma concessão eficiente e com números sólidos, tem direito ao benefício fiscal da Sudene, o que amplia os seus lucros.


O endividamento de 2,7 vezes dívida líquida/Ebitda da empresa está dentro dos covenants (clausulas limites com os credores) e não há problema com relação a isso.


Conclusão: Recomendo COMPRA DE COELCE COM UPSIDE ESTIMADO DE 55% E PREÇO ALVO DE R$67 por ação


O percentual a ser alocado é de até 2% do Patrimônio total do cliente e de 7% na carteira de ações.


A tese de Coelce (COCE5) se resume em 4 pilares:


1. Múltiplos baixos

2. Retorno de 5% em dividendos

3. Chance de fechamento de capital com prêmio oferecido

4. Setor regulado e resiliente a crises, com repasse de inflação



Riscos:


Os principais riscos da tese estão ligados a economia, com a área de atuação da empresa, Nordeste sofrendo crise econômica, a inadimplência piorou e em alguns momentos como na pandemia a empresa ficou proibida de cortar a energia para o consumidor.


Importante ressaltar que a maior parte das unidades consumidoras da Coelce é de baixa renda.


Além disso, temos os riscos clássicos de mercado de capitais, como a volatilidade das ações e o risco de liquidez.






Abraços,

Cristiane Fensterseifer, CNPI, CGA, consultora CVM

15/3/2023




Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
RECEBA
O MELHOR
CONTEÚDO DE
INVESTIMENTOS
NO SEU EMAIL

Obrigado(a)!

bottom of page