top of page

Mergulhando nos resultados e Valuation da Irani (RANI3) | Vale a pena investir nas ações RANI3?

Irani é a 3ª maior Produtora de papel para embalagens sustentáveis de papel e papelão ondulado no Brasil, de base florestal renovável e 100% recicláveis.


Você já deve ter reparado andando por aí a mudança nas embalagens ao longos dos últimos anos... saindo de plástico para papel como mostra a imagem abaixo:


O papel vem ganhando espaço como a melhor solução para embalagens: tem baixo custo, é biodegradável e reciclável. Veja a comparação com outros materiais:


Fonte: (1)Associação Brasileira de Embalagens de Papel (Empapel). (2) OCDE Environment Policy Paper no. 12.
Fonte: (1)Associação Brasileira de Embalagens de Papel (Empapel). (2) OCDE Environment Policy Paper no. 12.

O mercado de embalagens no Brasil totalizou R$ 123,2 bilhões no ano de 2022, sendo R$ 31,1 bilhões nos segmentos de atuação da Irani, com alta probabilidade de crescer mais que o plástico.


Fonte: Irani
Fonte: Irani

Também há movimentos regulatórios que acelera a adoção de materiais menos agressivos ao meio ambiente, como os mostrados abaixo:


Fonte: Irani
Fonte: Irani

Irani: O final de um ciclo fantástico de investimentos


A Irani investiu nada menos que R$910 milhões nos últimos 12 meses em ganhos de produtividade!


Tais investimentos estão na reta final, e a captura destes investimentos deve ocorrer a partir de agora.


Após tantos investimentos, a alavancagem está próximo do pico esperado de 2,1 vezes, e é esperado que comece a cair com a coleta dos retornos dos investimentos recentes.


Com um retorno sobre o investimento (ROIC) de 18,9%, mesmo com os altos investimentos que ainda não tiveram o retorno, fica fácil perceber como estamos falando de uma empresa altamente rentável.

Fonte: Irani
Fonte: Irani


Destaques do resultado do terceiro trimestre !


A receita caiu 7,6% em relação ao terceiro trimestre do ano passado e subiu 3,4% frente ao trimestre anterior.


O setor alimentício e de frigoríficos, que é 77% das vendas da empresa é muito resiliente e com a deflação nos preços de alguns grãos e carnes este ano tem maior consumo.



A Irani está vendendo menos para a Argentina pela crise de lá e tem substituído isso com vendas para outros mercado.


O Ebitda foi 2,9% menor que o 3T23 com margem forte, de 32,7% devido ao bom momento cadeia de reciclados com queda do preço das aparas.


A rentabilidade em margem de contribuição por tonelada é o modo como a Irani controla sua rentabilidade e vê tendencia de crescimento nos últimos meses, apesar da queda de preços e ganho de volumes.


O lucro líquido recorrente aumentou 32,3% frente ao 3T22 e foi 4,7% frente ao 2T23.


 Fonte: Irani
Fonte: Irani

Resultado por Segmento


A irani tem 3 segmentos geradores de receita, as embalagens, com 57% de participação, seguida pelo papel para embalagens , que é vendido para outros fabricantes, com 37% de participação e resinas, com 6% de participação na receita.


 Fonte: Irani
Fonte: Irani

Segmento de embalagens - volumes melhorando frente ao 2T22


No segmento de embalagens e papel ondulado a Irani vende caixas e chapas de papelão.


O volume do mercado de embalagens sustentáveis (Papelão Ondulado) caiu 2% no 3T23 em relação ao ano passado e a Irani caiu 4,4% por focar mais na rentabilidade do que no quantidade.


Em relação ao trimestre anterior, no entanto, a Irani mostra uma recuperação e ganho de mercado, com o setor subindo 6,5% em volumes frente ao 2T23 e a Irani aumentando em 13,3% as toneladas vendidas.


Os preços médios de embalagens (R$/ton) caíram 4% em relação ano passado devido ao cenário competitivo acirrado e consequente redução de preços das aparas.


É importante ressaltar que se os preços das embalagens caem, mas o custo da matéria prima (aparas) também cai, a rentabilidade da Irani se mantém, como mostra o gráfico abaixo.



O preço das aparas de papel para a Irani caiu 29,7% em relação ao 3T22, devido a maior disponibilidade do produto no mercado e queda de 7.8% frente ao 2T23.


A Klabin está colocando mais papel Kraftline no mercado e isso aumenta a quantidade de aparas levando a preços em queda deste que é a principal matéria prima da Irani.


O Brasil está tornando-se semelhante aos EUA, com sobras de aparas para exportação.


Segmento de Papel – Volumes muito bons no 3T23


Neste segmento a Irani vende principalmente bobinas flexíveis para sacos e sacolas – o maior foco da empresa - e papel para embalagens rígidas para outros convertedores.



Os volumes vendidos aumentaram 7,8% frente 3T22 e 11,2% frente ao 2T23.


Os preços médios subiram 1,2% em relação ao 3T22 e caíram 4,5% em relação ao 2T23 como efeito do dólar e de mix de papeis.


Com a crise na Argentina, grande comprador de papel do Brasil, a Irani exportou para outros mercados, com preços menores.


Em embalagens rígidas –que não são foco da Irani e vem perdendo espaço – os preços caíram 13,6% acompanhando a queda nos preços das aparas.



Negócio de resinas – China e Europa fracas


Este é um negócio pequeno com apenas 10% da receita da Irani e teve redução expressiva no volume de vendas de 52,8% frente ao 2T23, com queda nos principais mercados compradores, na Europa como China, acompanhando a tradicional volatilidade deste mercado


Alavancagem financeira deve começar a cair com fim do projeto Gaia


Com custo da dívida de 14,4% ao ano , a empresa hoje tem um endividamento de 2,2x ebitda, sendo 99% de longo prazo.


A empresa espera ainda uma pequena alta no próximo trimestre com a conclusão dos investimentos da Plataforma Gaia e após o 4T a alavancagem deve começar a cair.


Ainda faltam ainda R$172 milhões de investimentos para os próximos trimestres.




A empresa paga 50% do lucro anual de dividendos e temos em 12 meses dividend yield de 11,14% , um excelente retorno.


A empresa possui a política de pagar 50% de proventos e é esperado pelo menos 5% de yield para os próximos anos.




Plataforma Gaia – 10 projetos de investimentos para melhora de rentabilidade


O projeto Gaia praticamente ainda não está refletindo seus ganhos no resultado da empresa, mas a medida dos próximos trimestres ocorrerá.


Os projetos Gaia 1, 2, 3 (os principais), 6 ,7 ,8 e 9 estão praticamente concluídos, como mostra a figura abaixo.




O projeto Gaia 1, com investimento de R$618 milhões, iniciou antes do prazo e está em curva de aprendizado.


Com o Gaia 1 a Irani vai aumentar em 56% a geração própria de energia, com a queima do licor da cadeia de recuperação e aumentará em 30% da produção de celulose kraft marrom e redução de consumo de insumos.

O Gaia 2 é uma expansão de 53% da produção de embalagens em Santa Catarina, com investimento de R$130 milhões. Ele foi concluído antes do prazo e está adquirindo novos clientes.

O Gaia 3 é a reforma de uma máquina de papel para aumento de 30% na produção, com 59 milhões de investimento. Ele já está concluído.

O Gaia 4 e o Gaia 5 são projetos de repotenciação de duas centrais hidroelétricas em Santa Catarina que tornarão a empresa autossuficiente em geração de energia e estão em fase de licenciamento ambiental, a qual está atrasada.



Já o Gaia 10 é uma impressora de última geração que adquiriram e está sendo fabricada para instalação em 2025.


Valuation e potencial : vale a pena investir em rani3?


Os volumes de caixas e chapas de papelão cresce mais que o PIB do Brasil nos últimos anos. Além do varejo alimentar ser resiliente , temos a tendencia de substituição do plástico pelo papel, aumento de compras via delivery, e maior faturamento do ecommerce.

.


O mercado do papelão ondulado é resiliente e pouco penetrado no Brasil, que é o 6º maior mercado de embalagens de papel ondulado no mundo, mas ainda tem consumo por habitante muito menor que outros países.


Outro impulsionador dos volumes são as vendas no varejo online, que cresce mais e demanda mais embalagens e deve crescer 15% ao ano nos próximos anos

Embalagens sustentáveis de papelão ondulado representam 80% das embalagens usadas no e-commerce;


Fonte: Smithers; Neotrust; BTG Pactual.


Importante destacar que o maior cliente da Irani tem 7% das receitas, de forma que não há uma grande concentração em nenhum cliente.

As receitas e ebitda da empresa vem crescendo a uma taxa de 19% ao ano e sua margem Ebitda mantém-se acima de 30%



Nas minhas projeções mantenho um crescimento de apenas 3% da receita, de forma que os ganhos de volume são em parte compensados pela normalização dos preços, com queda de preço de aparas.

Projeto a margem Ebitda de 30% , recuperando-se do patamar de 28% recorrente esperado para 2023 para a média dos últimos anos de 30% com os ganhos de eficiência pela plataforma Gaia.




Fonte: Investe10

O lucro líquido de 2024 fica mais pressionado pela dívida financeira, de forma que o P/L aumenta levemente para cair na sequência.


Conclusão:


Por fim, chego em um preço alvo de R$15 para as ações da Irani com upside de 36% mais 5% de proventos estimados por ano, o que justifica a manutenção da empresa na carteira e sua recomendação de compra.

377 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
RECEBA
O MELHOR
CONTEÚDO DE
INVESTIMENTOS
NO SEU EMAIL

Obrigado(a)!

bottom of page