top of page

DESTAQUES hj: ODONTOPREV (ODPV3) INJUSTIÇADA, BANCO DO BRASIL (BBAS3) E METAL LEVE (LEVE3)DANDO SHOW

Na minha humilde opinião o mercado as vezes opera de uma forma que não faz sentido algum.


E isso é uma boa notícia, pois se não fosse assim, não encontraríamos distorções que nos permitem ganhar mais dinheiro, não é mesmo?


Hoje tivemos um caso destes na minha opinião.


Uma empresa com desempenho histórico excelente, que reportou mais um excelente resultado e viu suas ações caírem 8% hoje.


Estou falando de Odontoprev (ODPV3)


A Odontoprev divulgou um bom resultado com lucro acima do esperado no 2T23.


A receita líquida da Odontoprev subiu 9,7% a/a e o ticket médio aumentou mais que a inflação, em 3,8% a/a.

O índice de sinistralidade de 41,3% aumentou +7 p.p frente ao 1T23 MAS CAIU 0,8 p.p. frente ao ano passado e veio abaixo da média histórica do trimestre de 45,2%.

Fonte: Odontoprev
Fonte: Odontoprev

O Ebitda ajustado subiu 2,8%, para R$ 147 milhões e a margem Ebitda ajustada caiu 1,9 ponto percentual (p.p.), para 27,9%.


Fonte: Odontoprev
Fonte: Odontoprev

O lucro líquido de R$ 117 milhões no 2T23 foi 17,7% maior na comparação com igual, ampliado em R$18 milhões por não recorrentes.

Fonte: Odontoprev
Fonte: Odontoprev

Banco do Brasil (BBAS3) melhor resultado e projeções:


Excelente resultado do BB, acima das expectativas.


Banco do Brasil (BBAS3) tem lucro líquido recorrente de R$ 8,8 bi no 2T23, alta de 11,7% frente ao 2T22, e levemente maior que o esperado.


O retorno sobre patrimônio líquido (ROE) encerrou o 2T23 em 21,3%, alta de 0,3 ponto-percentual em relação aos 1T22 e maior também que o ROE do 2T22, de 20,8%.


O lucro cresceu apesar do aumento das provisões de +143% frente ao 2T22 e +23% do que no 1T23 (foram R$ 7 bilhões no 2T).


O aumento ocorreu em linhas de créditos não consignados na carteira pessoa física e pelo aumento de risco na carteira pessoa jurídica com a elevação de risco de crédito da Americanas (AMER3).


Carteira de crédito total soma R$ 1,045 tri , alta de 13,6% s/ 2T22


A receita aumentou 6% e foi a maior alta dentre os concorrentes com melhores spreads e e boa eficiência em custos e despesas.


Proventos DO BBAS3!


O BB divulgou proventos de R$ 0,71/ação o que perfaz 1,5% de retorno em proventos sobre este resultado.


A data do pagamento será em 30/08/2023 com base na posição acionária de 21/08/2023.


O CFO informou que o BB não deve antecipar dividendos ou elevar payout de 40% antes de 2025, mesmo com existência de lucros acumulados pois vê o retorno do investimento pelo ROE de 20% como favorável os acionistas.


Para o ano, o banco pode pagar 11% de proventos, segundo a estimativa do mercado.


O Banco do Brasil (BBAS3) ainda aproveitou a divulgação e AUMENTOU suas projeções para 2023:


- O crescimento da carteira de crédito aumentou de 8 a 12% para de 9% a 13%, ajudado pelo setor do agronegócio


- A previsão de margem financeira bruta passa de 17% a 21% para de 22% a 26%


- O BB MANTEVE sua projeção de lucro líquido já divulgada, de R$ 33 bi a R$ 37 bi em 2023 , o que é um P/L de míseros 3,8 vezes para o ano...


Sim , posso falar míseros pois isso se compara ao múltiplo de 9 vezes de Itau (ITUB4), Santander (SANB11) e de 11 vezes para Bradesco (BBDC4)


Para completar o banco lançou plataforma com AI (inteligência artificial) que usa Open Finance e permite ao cliente ver em um único lugar todos seus investimentos registrados na B3.


Nos principais riscos da tese temos um eventual fim do JSP (juro sobre o capital próprio) com a reforma tributária e o fato do controle governamental que pode levar ao banco expandir o crédito com maior risco em comparação com os bancos privados, por exemplo (seleção adversa).


O BBAS3 negocia a 0,8 vezes seu patrimônio liquido (PVPA) com um desconto neste múltiplo sobre os pares.


Metal Leve (LEVE3) 2023: excelente resultado, medo dos EVs


A LEVE apresentou um excelente resultado no 2T23, o que impulsionou as ações , que subiram 8,% hoje.


A receita líquida subiu 10% na comparação com o 2T22.


 Fonte: Metal Leve
Fonte: Metal Leve

No segmento de montadoras (equipamento original) a valorização do real pesou no receita da empresa no mercado doméstico.


Já no segmento de reposição (aftermarket) o crescimento foi expressivo impulsionado pelo crescimento significativo de volume e preço que mais que compensou o efeito do câmbio


 Fonte: Metal Leve
Fonte: Metal Leve

O lucro bruto aumentou 31% frente ao 2T22 com crescimento de 4,9 p.p na margem bruta, para 30,3% no 2T23.


O Ebitda aumentou 40% e margem Ebitda foi de 22,7% no 2T23, 4,9 p.p maior que no 2T22.


O lucro líquido atingiu R$ 193 milhões no 2T23, 68% maior que no 2T22 auxiliado pela receita financeira liquida de R$ 29 milhões, com margem líquida 17,2%, 5,9 p.p. maior que no 2T22.


Apesar dos resultados fortes, receio com o futuro


A Metal Leve atua na fabricação e comercialização de componentes de motores à combustão interna e filtros automotivos para as montadoras, distribuidores de autopeças e retíficas de motores.


Há uma tendencia na desaceleração deste tipo de motor com o crescimento dos veículos elétricos (EVs)


Para lidar com isso a empresa está desenvolvendo um motor de combustão sustentável para biocombustíveis, combustíveis sintéticos e hidrogênio.


A LEVE tem produtos adaptados para a evolução do MCI (motor à combustão interna) ligado aos biocombustíveis


Vale a pena investir na metal leve (LEVE3)?


A empresa talvez tenha um bom fit para uma carteira de dividendos, mas sempre tendo em vista o risco acima.


Em 2023, até o presente momento, foram pagos R$ 559 milhões em proventos, o que já representa 8,7% de retorno sobre o preço da ação.


A LEVE3 está com múltiplos baixos com P/L estimado de cerca de 8 vezes e EV/Ebitda de 6 vezes com retorno sobre o capital ROIC alto, de 36,3%.


Tais múltiplos descontados em parte representam o ceticismo do mercado com o setor de atuação dela, de veículos a combustão.


Dessa forma, acredito que a empresa poderá pagar proventos parrudos, perto de 10% ao ano, ainda dado que seu endividamento é baixo e geração de caixa alta.


Acredito, porém, que dificilmente o mercado realizará uma grande reprecificação de múltiplos, por conta do crescimento de veículos elétricos.


Falando em upside a média dos analistas do Investing projeta upside de 13% para a ação.


Uma fonte de upside para o case seria algum pacote do governo para incentivar a renovação da frota de caminhões do país já que cerca de 1/3 dos caminhões têm mais de 30 anos.


Boas notícias no mercado hoje!


S&P500 e Ibovespa praticamente estáveis hoje e dólar em baixa de 0,47%, a R$ 4,88

As boas notícias:


1) Inflação nos EUA desacelerando sinaliza que FED deve interromper o ciclo de aumento de juros. O CPI de julho veio em +0,2% frente a junho e +3,2% frente a julho de 2022 - abaixo do esperado pelo mercado


2) China levantou a proibição de viagens em grupo para EUA, Reino Unido, Austrália, Coreia do Sul e Japão e outros países.


3) volume de serviços no Brasil subiu +0,2% em junho frente a maio, após ter avançado +1,4% em maio e está 12% acima do nível pré-pandemia


Maiores altas e quedas de hoje


Os fundos da Tarpon Capital atingiram 10,33% das ações ordinárias da Tegma (TGMA3) que subiu 2%


Nas maiores altas Azul (AZUL4)e Gol (GOLL4) com 10% e 6% respectivamente, com crescimento de 80% no Ebitda e redução de prejuízo da Azul frente ao 2T22.


O lucro operacional da Azul foi de R$ 592 milhões no 2T23, ante R$ 136 milhões no 2T22, com a queda dos preços do querosene de aviação.


A alavancagem financeira caiu para 4,2 vezes dívida líquida/Ebitda – patamar ainda alto, bom lembrar.


Braskem (BRKM5) subiu 6% hoje após o fraco resultado ontem, em função da possibilidade de venda do seu controle.


Renner (LREN3) subiu 2% com rumores de taxação de importados, melhorando a concorrência com Shein e Shopee.


Nas maiores quedas SOMA3 derreteu 8%, com queda de 22% no lucro líquido ajustado do 2T23, para R$102 milhões, pressionado pela despesa financeira e Hering, puxando margens para baixo.


3R seguiu a queda do petróleo hoje, que caiu 1,31% a US$ 86 por barril (Brent)




Abraços

Cristiane Fensterseifer, CNPI, CGA e consultora CVM

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
RECEBA
O MELHOR
CONTEÚDO DE
INVESTIMENTOS
NO SEU EMAIL

Obrigado(a)!

bottom of page